O Método Pomodoro

Com certeza você já se perguntou se está estudando “certo” ou se seu jeito é o melhor para reter informações e otimizar seu tempo. Eu me questiono sempre e busco melhorar minha rotina de estudos e trabalho. Ando pesquisando bastante como melhorar ainda mais a produtividade (eu sou bem organizada mas sempre dá pra melhorar) e aumentar o foco no caso dos estudos.

Numa dessas acabei me deparando com o tal do método/técnica Pomodoro, que infelizmente não tem a ver com pizza mas tem esse nome porque tomate em italiano é pomodoro. Ou seja, você vai contar seu tempo em tomates, não parece legal?

Explicando melhor, o criador desse método, o italiano Francesco Cirillo teve a idéia do nome pois usou um timer, desses de cozinha, para mensurar seu tempo de trabalho. Achei bacana pois é uma técnica que pode ser utilizada tanto em algumas tarefas do trabalho quanto no seu tempo de estudos.

Cada pomodoro corresponde a 25 minutos.

A idéia é que, pausas frequentes em ciclos de atividades ajudam na agilidade mental então a pessoa deve fazer um “pomodoro” e pausar por cinco minutos. Ao final de 4 pomodoros a pausa é um pouco maior, de 30 minutos.

Claro que, é um método que não vai funcionar para tudo, por exemplo quando sua tarefa exigir a elaboração de um texto você pode estar no auge da criatividade e dar um pomodoro… Porém, a vantagem é ser um método adaptavel que vai te ajudar a manter o foco e se disciplinar.

Durante o pomodoro você deverá se dedicar exclusivamente a tarefa proposta, ou seja, redes sociais, celular, e-mails, etc ficam para o intervalo. O foco é exclusivo na realização. Como os períodos são curtos é fácil adequar as necessidades, dificilmente uma coisa não poderá esperar 25 minutos certo?

E se a interrupção realmente não puder esperar? Aí meu amigo, você inicia seu pomodoro novamente. Tente visualizar o timer de cozinha, ele não tem pausa após programado certo? Então sua atividade também não deve ter.

Como usar o método Pomodoro :

  • Faça uma lista de tarefas a serem executadas
  • Programe um cronômetro para 25 minutos
  • Inicie uma tarefa e trabalhe sem interrupções pelos próximos 25 minutos
  • Quando o alarme tocar vá dar uma voltinha, se alongar, buscar uma água, olhar o insta… Por 5 minutos
  • Se você terminou a tarefa risque da lista, senão marque um pomodoro ao lado (um tomatinho, risquinho, algo que indique você gastou um ciclo pomodoro na tarefa)
  • Inicie ou continue uma tarefa e trabalhe sem interrupções pelos próximos 25 minutos
  • Após quatro “pomodoros”, faça uma pausa de 30 minutos até voltar ao trabalho

É interessante medir quantos pomodoros cada tarefa gasta, mudar sua forma de foco…

Existem diversos aplicativos e planilhas já prontos para implementar o método!

Incusive, diversos aplicativos de gerenciamento de tarefas já tem rotinas para trabalhar em pomodoros. por exemplo o Trello tem esse artigo explicando como utilizar o pomodoro na ferramenta, o Evernote indica aplicativos no seu app center, o Todoist (que eu uso pra vida!) também explica como utiliza-lo. Enfim é uma questão de ver a ferramenta que você utiliza e adequar. Ou ser simples e usar papel, lápis e cronômetro.

Minha única ressalva é quanto ao tempo de intervalo. Se você estiver motivado e quiser fazer 2 pomodoros direto por exemplo, não vejo problemas assim como se sua atividade foi desgastante um tempo maior de pausa pode ser necessário. Apenas seja sincero e assuma um compromisso consigo e suas tarefas/estudos.

Finalizando, deixo uma Planilha pra você usar o Pomodoro e medir sua produtividade em tomates!