Bom Dia Verônica

Bom Dia Veronica deve ser exaltada como a incrível série de ficção que é, e é muito importante a gente não perder isso de vista : FICÇÃO.

*contém pequenos spoilers*

O enredo nos traz duas tramas principais, uma sobre um golpista que atrai mulheres através de um site de relacionamentos com seus desdobramentos trágicos e a outra sobre um serial killer também de mulheres.



Em ambas é evidente o medo das vítimas e o descontentamento com a resposta jurídica oferecida pelo Estado, mas no segundo caso é pior pois o serial killer ainda envolve sua própria esposa em seus crimes até como parte da estratégia de manipulação que tem sobre ela, afinal é também um agressor e isso garante que ela se mantenha no circulo de violência e não se volte contra ele.

Esse enredo de manipulação, isolamento, agressão, perdão é MUITO real.

Minha amiga @cindiarm fez um post hoje também falando da série e do enfoque na violência contra a mulher, vale muito a pena a leitura.

Vale esclarecer que, apesar do treinamento na Academia de Polícia ser quase o mesmo entre o escrivão e o investigador, as funções são bem diferentes e na vida real é bem raro o escrivão sair da Delegacia, sendo sua maior função elaborar ocorrências, secretariar o Delegado, fazer a guarda de objetos apreendidos… Quem investiga é o investigador.

Outro ponto que pra mim também tira um pouco a credibilidade foi o Delegado titular ser o tio da escrivã Veronica… Na vida real isso também não aconteceria.

Já a delegada Anita, essa sim existe infelizmente, mulher revitimizando outras mulheres no atendimento em delegacias tem e muito.

De resto, tem alguma coisa no som que não tá bom, assistam com legenda. A fotografia é maravilhosa e pra mim que amo ser paulistana deu um orgulho danado assistir e reconhecer 95% dos lugares.

Quando der vou ler o livro, quero entender a parte religiosa pois aparentemente me parece fora de contexto.

Espero não ter dado muito spoiler, comentem o que acharam!